Ponto de Parada. Supermercado em Amsterdã, Bruxelas, Paris e Londres

Por 10:29 PM , , , , , ,

Qualquer lugar que você vá, o supermercado pode ser uma excelente forma de você conhecer muito sobre um lugar. Seja um país, uma região ou mesmo uma cidadezinha do interior. Supermercados só ótimos aliados quando você pensa em comida, mas também em economia. E o melhor, comendo bem!

Tem uma coisa que eu adoro em supermercados. Você pode entrar mudo e sair calado! Ou seja, você pode nem saber falar a língua do país, mas fome não vai passar. As boas práticas de marketing fazem das grandes cadeias de supermercados mundiais um ótimo lugar para quem não quer errar. Olha o cesto de um supermercado, ele também pode ser puxado como um carrinho. Show de Bola!

Quer comida pronta? Congelada? Enlatada? Fresca? Tem de tudo um pouco e você ainda não paga pelo serviço.
Na europa, uma dica que lhe dou é que lá, quase nenhum supermercado dá sacolas plásticas. Claro, algumas redes dão para você de "graça", mas o melhor é você levar uma sacola ou uma mochila quando for ao supermercado.

Assim, quando chegar a um local, vá logo perguntando onde fica o supermercado mais próximo. No mínimo você vai economizar na água mineral e se tiver um pouco de habilidade, nos sanduiches.

O legal dos supermercados é você ver os "exageros", corredores ou prateleiras que são lotados de um "mesmo" tipo de produtos é um bom indicador de produtos típicos locais. Ou seja, serão mais baratos.
Quando você lê por aí: "compre vinho na França, chocolates na Bélgica, etc, etc, etc." Acredite, tire a prova em um supermercado.

Que tal comer comida congelada? Ou semi pronta? É, em Amsterdã as embalagens são até bem atraentes, já os preços. Bom, para quem ganha em euro é uma beleza.

Já pensou em comer ostras frescas? Ou uma máquina de cortar pão. Eu fiquei doido para usá-lo, mas preferi não.


Uma coisa que não falta na França são frutos do mar. Já imaginou ver camarões descascados arrumados em uma bandeja maravilhosamente, prontos para comer? Nem de longe te fazem lembrar daqueles camarões descascados congelados do Brasil que quando você vai cozinhar se tornam pontinhos vermelhos na panela.


Ah, mas que tal comer caviar? Por que o espanto? Em Paris custam menos de 3 euros. Deixa de preconceito e aproveite! Não ter frescuras nessas horas te faz aproveitar melhor a viagem gastronômica. É só pensar como o meu pai falava, melhor comer aqui e agora, pois você nunca vai saber quando poderá voltar para o lugar que você está viajando, não é mesmo? Isso me faz lembrar do Bife de Chouriço em Buenos Aires. Nunca mais comi um igual!!!
Ah, os enlatados. Saiba você que foram inventados na França. Graças à Guerra, na época de Napoleão. Este precisava arrumar uma forma de alimentar um monte de tropas sem ter que ficar cozinhando e um cozinheiro francês acabou ganhando o concurso de Napoleão.

Veja as prateleiras ao lado. Uma lata de Champion, sabe aqueles cogumelos? Então, enlatados no brasil ou em conserva, 200 gramas não saem por menos de R$ 5,00. Lá em Paris, umas 400 gramas, o dobro, custam menos de 2 euros. Viu como é mais barato que no Brasil?

É que nem produtos sazonais, quando está na colheita, o preço cai. Farinha de mandioca no Brasil é baratíssimo, vai no Japão ver quanto custa?

Assim, já sabe, é sempre bom levar um abridor de latas à tira colo, nunca se sabe o que poderá encontrar quando viajar.


Vinhos franceses. Se são bons? Bom, tem garrafa de vinho que é mais barata que água mineral. Acredite se quiser. Veja a foto ao lado. Prateleiras lotadas de vinhos de todos os tipos e claro, preços. Os vinhos da ponta na prateleira de baixo custam menos de 2 euros. MENOS DE 2 EUROS! É o preço da garrafa de água mineral mais barata, isso se tiver na loja.

Falar em água, em Londres a água mais barata nos supermercados não é mineral.

Agora quer comprar comida pronta? Que tal uma comida japonesa? Parece uma prateleira de algum supermercado que você já viu no Brasil, né? Mas estamos em Londres.

E por 2 pounds você pode levar umas bandejinhas de sushis da hora!

Lembra da água que não era mineral? Pois é, essa dica não é de supermercado, mas todos os restaurantes de Londres São obrigados a lhe dar "tap water", ou água da torneira, de graça. Claro, desde que você esteja consumindo lá.

Fatos interesantes: Em Bruxelas há prateleiras só com chocolates, em Paris também. Mas em Paris tem tanta prateleira de queijo que agora eu entendo porque lá não tem requeijão. Não deixe de comer. Em Amsterdã, se você for fã dos queijos do tipo gouda, lá é o lugar. Também tem prateleiras lotadas de salada com maoinese. Nunca vi tanto tipo de frios prontos para comer quanto lá. Agora em Londres, bom em Londres tem de tudo. Ou seja, aproveite!

Você também poderá gostar de

0 comentários

Subscribe & Follow