Comida de avião (KLM) atravessando o Atlântico

Por 5:21 PM , , , ,

Quem não foi e quem ainda vai viajar para o exterior tem que se preparar para algumas situações comuns a todos os viajantes, mochileiros, passageiros que vão viajar de avião, principalmente a comida.


Quanto mais distante você vai, mais a comida teria que ser melhor. Mas na realidade ela depende de onde você está sentado, se da classe executiva para cima ou a tão sonhada classe econômica. Afinal, viajar para o exterior pode ser o sonho de uma vida para muitas pessoas.

Mas normalmente você não precisa se preocupar muito com a comida, desde que não seja fresco, claro. É típico sempre ter uma opção que seja ou vegetariana, ou seja, sem carne, ou que seja de carne vermelha ou carne branca. A opção acima é em carne vermelha. Quase que uma mistura de picadinho ou de com cubos de carne com molho madeira. Além disso, cenouras cozidas e arroz branco. A opção vegetariana era de raviolli de queijo, claro, fui de picadinho de carne. Acompanha ainda o básico, bebida, bolo de chocolate gelado, pãozinho, manteiga e uma saladinha discreta. Garanto que não sobrou nada. Ficar confinado na classe econômica, melhor bem alimentado do que com fome. Então, não desperdice.

Opa, hora do café da manhã. Na verdade é o café da manhã dentro o fuso horário de quem está viajando no sentido contrário à rotação da terra, ou seja, provavelmente esse café da amanhã foi servido quase na hora do almoço. A bandeja, super prática, daquelas que dá vontade de levar para casa. Já está tudo pronto, não, no café da amnhã você não escolhe o que quer comer, ou quer ou não quer. Mas pode escolher a bebida, como sempre. Agora o café é o famoso "cháfé". Mas lembre-se da lei do desperdício. Não desperdice, nunca se sabe qual vai ser a próxima refeição depois que descer do avião. Veja que há uma explicação simples do funcionamento da bandeja, o que é comida quente e o que é comida fria. Enfim, não tem como errar. Não seja fresco, senão você vai passar fome!
O que mais se encontra disponível em vôos é a bebida, mas em vôos internacionais, pode-se se surpreender com uisque e vinhos na classe econômica. É aquela velha história, viajar de avião e ficar só pedindo água é o cúmulo do desperdício. Lembre-se, além de você que está na classe econômica, mais umas 300 pessoas ou mais pagaram o mesmo que você e estão aproveitando para tomar umas e outras e voar nas nuvens, o álcool faz seu papel mais rápido, portanto, não abuse.

Nos intervalos das refeições, para quem sente mais fome do que sono, não deixe de andar pelo avião. Faz bem para a saúde e te tira da mesma posição de confinamento que as poltronas da classe econômica te deixam. O avião é como um "mega restaurante". Você tem as mesas com as cadeiras no meio, banheiros ao longo das cabines e no fundão ou no meio, é onde está a cozinha. Lá, é bem provável que você encontrará bebeidas e uns snacks à vontade. Eu achei esses aí dando sopa pela "madrugada", afinal as aeromoças também não querem acordar para servir a um passageiro chato. Então eles deixam ao velho sistema self-service. Mas não dè uma de espertinho e pegue tudo, clama, seja solidário, há mais passageiros à bordo. Só uns 400 a mais. Eu aproveitei e peguei uns pelos pacotinhos de amendoins que não eram amendoins, mas amêndoas salgadas, as melhores. Lembre-se, nunca se sabe quando irá comer depois que descer do avião.

Mas vamos lá, em um vôo transatlântico, a única hora que não tem comida é quando está na hora de dormir. Os exemplos acima são da KLM (www.klm.com.br), empresa holandesa que foi fundida com a Air France, ou seja, vôos de uma pont para a cidade natal da empresa aérea são sempre as mais baratas, então, não fique rodeando muito na hora de procurar pelos melhores preços, há não ser que queira fazer uma peregrinação de transportes combinados para chegar ao seu destino.

Para você não pagar mico, lembre-se, lencinhos umedecidos ou quentes não são para guardar, são para limpar as mãos antes da refeição principal (almoço, jantar ou café da manhã). Qualquer outra hora é hora do lanche, que pode ser feito sem as toalhinhas higiênicas. Acho até que dá para fazer um manual de etiquetas para a primeira viagem de avião. Assim, não faça micos achando que comprar um lanchinho antes de embarcar vai resolver o problema. Afinal, ninguém precisa comer lá em cima. Fora que o cheiro é de farofeiro profissional. Só se o vôo durar mais que 3 horas. Fora isso, fique tranquilo, e coma tudo que oferecerem, afinal, entre a refeição e o seu destino, todo mundo pagou a mesma coisa que você. Então, aproveite!!!!

Você também poderá gostar de

1 comentários

Subscribe & Follow